Princípio ativo: gel amorfo

DuoDERM

Gel

DESCRIÇÃO DO PRODUTO

DuoDERM® Gel é um produto estéril na forma de gel, composto de hidrocolóides naturais (pectina e carboximetilcelulose sódica) num excipiente transparente e viscoso. DuoDERM Gel interage com o exsudato da ferida criando um ambiente cicatricial úmido que favorece o processo natural de autólise para a debridação e permitindo a retirada não traumática do curativo, sem danificar os tecidos recém-formados.

INDICAÇÕES

DuoDERM Gel é indicado para a hidratação e tratamento de feridas de profundidade média ou total, tais como úlceras de pressão, úlceras de perna e úlceras diabéticas.

CONTRA-INDICAÇÕES

DuoDERM Gel não deve ser utilizado por pacientes com conhecida sensibilidade ao gel ou a algum de seus componentes.

PRECAUÇÕES

1) A colonização bacteriana em feridas crônicas é um fenômeno comum e não constitui contraindi-cação ao uso de DuoDERM Gel. 2) Se há suspeita de infecção ou se esta se desenvolve durante o uso de DuoDERM Gel, deve-se instituir terapêutica antibiótica adequada. DuoDERM Gel poderá continuar sendo utilizado, porém tanto a monitoração do processo de cicatrização da ferida quanto os tratamentos instituídos, deverão estar sob cuidadosa supervisão médica. Não se recomenda o uso de curativos oclusivos na presença de infecção por anaeróbios. 3) O tratamento de úlceras diabéticas deve incluir o controle de glicose sangüínea e medidas de alívio de pressão. 4) DuoDERM Gel, ao promover um ambiente úmido à ferida, favorece a debridação e a remoção do tecido necrótico. Como consequência, a ferida poderá parecer maior, após a troca dos primeiros curativos.

APLICAÇÃO E REMOÇÃO DO GEL

1.    Limpar cuidadosamente a ferida com água estéril, solução salina ou com algum dos agentes de limpeza de uso comum na prática hospitalar.

2.    Desenroscar a tampa do tubo, retirar o anel de segurança branco e descartá-lo.

3.    Recolocar a tampa a fim de perfurar o tubo.

4.    Aplicar DuoDERM Gel diretamente dentro da ferida. Não exceder o nível da pele ao redor da ferida.

5.    DuoDERM Gel deverá ser trocado quando o curativo que recobre a ferida começar a escorrer ou quando o curativo for retirado para as trocas de rotina. O gel pode ser removido enxaguando-se com solução salina. Recomenda-se trocar a intervalos de no máximo três dias, quando usado em feridas abundantemente exsudativas ou necróticas, ou a intervalos de no máximo sete dias quando usado em feridas limpas em processo de cicatrização.

Pode-se propiciar à ferida um ambiente ótimo para a sua cicatrização mediante o emprego conjunto de um curativo que retenha a umidade, como por exemplo, os curativos DuoDERM CGF.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO

DuoDERM Gel deve ser mantido à temperatura ambiente. Evitar refrigeração e exposição a umidade excessiva.

APRESENTAÇÕES

DuoDERM Gel é apresentado em tubos contendo 15g e 30g, nas seguintes embalagems de venda:

Código:

Tubos de 15g:caixas com

10 tubos de aplicação única    790

Tubos de 30g:caixas com

3 tubos de aplicação única    791

Produto para uso único. Destruir após o uso.

N1 de lote, data de fabricação e prazo de validade: vide cartucho. Reg. MS-1.00180.00036

Fabricado por: ConvaTec Limited – Uma Empresa Bristol- Myers Squibb

First Avenue Deeside Industrial Park- Deeside,

Clwyd CH5 2NU – Inglaterra

Distribuído no Brasil por: ConvaTec-Uma Companhia Bristol Myers Squibb Farmacêutica Ltda.

Rua Carlos Gomes, 924 – Santo Amaro – São Paulo – SP CPNJ: 56.998.982/0001-07 Atendimento ao Cliente DDG: 0800 115 115

Farm. Resp.: Dr. Osvaldo Orellana Sanchez CRF/SP n° 8251

Fabricado para:

ConvaTec

Distribuido no Brasil por:

Bristol- Myers Squibb Farmacêutica Ltda.

ConvaTec Rua Carlos Gomes, 924 047434-903 Santo Amaro – São Paulo

www.convatec.com

©2004 E.R. Squibb & Sons, L.L.C.

®/ indicam marcas registradas da E.R. Squibb & Sons, L.L.C.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.