Princípio ativo: cloridrato de anfepramona

B2 – Psicotrópicos anorexígenos – Receituário de controle especial e termo de responsabilidade do prescritor

Dualid S
Classe terapêutica dos Anorexigenos
Princípio ativo Cloridrato de Anfepramona.

Indicações de Dualid S

Medicação adjuvante das dietas hipocalóricas, durante o tratamento da obesidade. Observação: a utilização desta classe de drogas deverá ser por tempo limitado a 4 semanas, somente para auxiliar a adesão à dieta hipocalórica. O benefício limitado que substâncias desta classe podem oferecer deverá ser comparado com os riscos potenciais.

Efeitos Colaterais de Dualid S

Devido à liberação cronogramada, os efeitos colaterais podem ser atenuados. Ainda assim, os efeitos secundários relatados durante o tratamento com Dualid S são os seguintes: vertigem, cefaléia, insônia, nervosismo, irritabilidade, manifestações depressivas. Alteração do paladar, boca seca, náuseas, vômitos, diarréia ou constipação. Hipertensão, taquicardia, arritmias, dor precordial e hipotensão. Perturbações das funções sexuais, distúrbios da micção e ginecomastia. Urticária, exantema. Mesmo utilizando-se o medicamento conforme recomendado, a rapidez dos reflexos poderá estar alterada, dificultando a capacidade de dirigir veículos ou operar máquinas. Isto ocorre particularmente em casos de utilização simultânea de álcool. Nos casos de utilização prolongada, poderá ocorrer farmacodependência e alterações graves, tais como, diminuição da concentração, fraqueza, modificações da personalidade. A manifestação mais severa da intoxicação crônica são distúrbios psicóticos semelhantes à esquizofrenia. – Interações medicamentosas: os inibidores da MAO podem potencializar o efeito simpatomimético de Dualid S. Medicamentos com ação sobre a tireóide ou sobre o SNC podem reforçar o estímulo sobre o SNC. O efeito de alguns anti-hipertensivos (guanetidina, clonidina, metildopa) poderá ser atenuado. A utilização concomitante de Dualid S e anestésicos voláteis poderá causar arritmias e crise hipertensiva pré-operatória, recomendando-se a interrupção da administração de Dualid S alguns dias antes da intervenção cirúrgica. Pacientes diabéticos deverão ser adequadamente controlados quando da utilização da anfepramona concomitantemente a dietas hipocalóricas.

Como Usar (Posologia)

Dualid S 25 mg: em média, 2 cápsulas ao dia, preferencialmente, 2 horas antes do almoço e do jantar, durante no máximo 4 semanas. Dualid S 50 e 75 mg: 1 cápsula ao dia, preferencialmente 2 horas antes do almoço, durante no máximo quatro semanas. Nos casos onde uma repetição do tratamento seja necessária, dever-se-á respeitar uma pausa de no mínimo 4 semanas. Se ocorrer fenômeno de tolerância, o tratamento deverá ser interrompido. Não se aconselha um aumento da dose na tentativa de reforçar o efeito anorexígeno. – Superdosagem: aguda: estímulo do SNC (agitação, tremores, reflexos diminuídos, taquicardia, confusão, agressividade, alucinações, estado de angústia seguidos de fadiga e depressão). Os sintomas cardiovasculares consistem em arritmia, hiper ou hipotensão e colapso circulatório. Os sintomas gastrintestinais incluem náuseas, vômitos, diarréia e espasmos abdominais. Tratamento: é essencialmente sintomático, consistindo em lavagem gástrica e sedação com barbitúricos. A hemodiálise ou diálise peritoneal não são recomendadas. Intoxicação crônica: pode se manifestar sob a forma de dermatose grave, insônia, instabilidade, hiperatividade ou alterações da personalidade. A manifestação mais grave é uma psicose que, freqüentemente, não se distingue de uma esquizofrenia.

Contra-Indicações de Dualid S

Hipertensão grave, arteriosclerose avançada, arritmias, hipertireoidismo, portadores de feocromocitoma, glaucoma, adenoma da próstata, insuficiência renal e/ou hepática, pacientes com antecedentes de distúrbios psiquiátricos, epilepsia e alcoolismo crônico. Está também contra-indicado em pacientes com propensão ao abuso de medicamentos, álcool ou fumo, crianças com idade inferior a 12 anos e idosos. Não utilizar em pacientes hipersensíveis à substância ativa ou a outras aminas simpatomiméticas. Não utilizar concomitantemente aos inibidores da MAO, respeitando um período superior a 15 dias após a interrupção da administração de IMAO antes de iniciar o tratamento com Dualid S. Dualid S é contra-indicado durante a gravidez e aleitamento.

Precauções

Os anorexígenos apresentam semelhança estrutural com a anfetamina, podendo ter os mesmos inconvenientes. A eficácia do anorexígeno diminui após algumas semanas (tolerância). Conseqüentemente recomenda-se: informar o paciente, especialmente para que não aumente as doses; prescrever Dualid S de forma descontinuada, por períodos de 4 semanas. O tratamento prolongado poderá acarretar farmacodependência e distúrbios psicóticos graves. Aos praticantes de esportes, observar que a anfepramona poderá induzir reação positiva nos testes antidoping. Dualid S não deverá ser utilizado durante o período de aleitamento, pois a anfepramona e seus metabólitos são eliminados no leite materno. A condução de veículos ou operação de máquinas poderá ser afetada, devendo-se restringir atividades que requeiram atenção durante a utilização de Dualid S.

Apresentação

Frasco com 20 cápsulas.

Composição

Cada cápsula de 25 mg, 50 mg e 75 mg contémrespectivamente: cloridrato de anfepramona 25 mg, 50 mg e 75 mg. Excipiente de liberação cronogramada q.s.p. 1 cápsula.

Laboratório

Asta Médica Ltda.

Remédios da mesma Classe Terapêutica

Dasten, Delgar, Fagolipo, Fastium, Fluril

Remédios que contém o mesmo Princípio Ativo

Hipofagin S 75, Inibex S

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.