Princípios ativos: piridoxina, tiaminaDoxal

Indicações de Doxal

1 drágea, 2 a 3 vezes ao dia. – Superdosagem: ataxia e severas neuropatias sensoriais têm ocorrido em pacientes que consumiram piridoxina (50 mg e 2 g) por um longo período de tempo. Quando a piridoxina é descontinuada, os sintomas diminuem. Pode levar cerca de 6 meses para o completo retorno à normalidade.

Efeitos Colaterais de Doxal

Raros casos de alergia; manifestações neurológicas periféricas em particular um tipo de parestesia que ocorre com altas doses de vitamina B6 por tempo prolongado.

Como Usar (Posologia)

Na tensão pré-menstrual: 1 drágea 2 vezes ao dia, durante os 7 dias que antecedem a data prevista do início da menstruação. Nas demais

Contra-Indicações de Doxal

Hipersensibilidade aos componentes da formulação.

Precauções

Seguir rigorosamente a dosagem indicada pelo médico, sob risco de ocorrer hipervitaminose. Interações medicamentosas: a vitamina B6 (cloridrato de piridoxina) diminui a ação da levodopa pela estimulação da enzima dopa descaboxilase periférica.

Apresentação

Caixas com 20 e 30 drágeas.

Composição

Cada drágea contém: cloridrato de piridoxina 80mg; cloridrato de tiamina 30 mg. Excipiente q.s.p. 1 drágea.

Laboratório

Novaquímica Natures Plus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.