Princípios ativos: cloridrato de pseudoefedrina, maleato de bronfeniraminaDimetapp Elixir

Laboratório

Wyeth

Apresentação de Dimetapp Elixir

Xarope – USO PEDIÁTRICO E ADULTO – Sabor Uva Dimetapp Elixir: frasco com 120mL. Acompanha copo medida graduado.

Dimetapp Elixir – Indicações

Dimetapp está indicado no alívio temporário dos seguintes sintomas: congestão nasal secundária a gripes, resfriados, rinite alérgica ou associada à sinusite. coriza, espirros, prurido nasal ou da garganta associados à rinite alérgica.

Contra-indicações de Dimetapp Elixir

Este medicamento é contra-indicado na faixa etária de menores de 2 anos de idade, nos casos de hipersensibilidade aos componentes da fórmula, na hipertensão arterial grave, na doença cardiovascular, na insuficiência coronariana e em pessoas em tratamento com inibidores da monoaminoxidase (IMAO) ou por duas semanas após a interrupção do tratamento com estes fármacos. Não deve ser usado durante a gravidez, em virtude de não haver dados disponíveis sobre sua teratogenicidade.

Advertências

Este medicamento pode causar sonolência; álcool, sedativos e tranqüilizantes podem aumentar este efeito, motivo pelo qual os pacientes devem ser orientados para não fazer uso dos mesmos enquanto estiverem tomando este medicamento. Recomendase especial cuidado ao dirigir veículos motorizados ou operar máquinas. Deve-se levar em consideração a relação risco-benefício antes de iniciar o tratamento para pacientes com as seguintes condições: hipertireoidismo, diabetes melito, glaucoma, hipertrofia prostática, pacientes grávidas ou em fase de amamentação.

Uso na gravidez de Dimetapp Elixir

Os estudos em animais não demonstraram risco fetal, mas também não há estudos controlados em mulheres grávidas. Os anti-histamínicos de primeira geração podem inibir a lactação devido à sua ação anticolinérgica. Tanto a pseudoefedrina, como a bronfeniramina são distribuídas no leite materno.

Interações medicamentosas de Dimetapp Elixir

A ingestão de álcool ou outros depressores do SNC, durante o tratamento com Dimetapp, potencializa a sonolência e diminui consideravelmente os reflexos, devendo-se, portanto, evitar o uso concomitante. Certos agentes anti-hipertensivos podem ter seus efeitos diminuídos. Os anti-histamínicos podem inibir a resposta aos testes cutâneos com extratos de alérgenos, ocasionando, em alguns pacientes, resultados falso-negativos. Recomenda-se interromper o tratamento 72 horas antes da realização dos testes.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Dimetapp Elixir

Dimetapp pode causar sonolência, dependendo da suscetibilidade de cada paciente. Raramente, pode ocorrer tontura, náuseas, vômitos, dor-de-cabeça, ansiedade, insônia, dificuldade ou dor ao urinar, perda de apetite e secura da boca.

Dimetapp Elixir – Posologia

Dimetapp Elixir: Crianças acima de 2 anos de idade: dose recomendada por via oral – 0,25 a 0,30 mL/ kg / dose, com intervalo mínimo entre doses de 6 horas. Adultos e crianças acima de 12 anos: 20 mL por dose, com intervalo mínimo entre doses de 6 horas. Não exceder o total de 4 doses em um período de 24 horas.

Superdosagem

Em casos de ingestão acidental de doses acima das preconizadas, recomenda-se contatar imediatamente um centro de intoxicação.

Dimetapp Elixir – Informações

Dimetapp Elixir – Cada mL contém: cloridrato de pseudoefedrina ..3mg maleato de bronfeniramina …..0,2mg A fórmula de Dimetapp associa uma amina simpatomimética, o cloridrato de pseudoefedrina, e um anti-histamínico, o maleato de bronfeniramina. A pseudoefedrina age sobre os receptores alfa-adrenérgicos da mucosa do trato respiratório, produzindo vasoconstrição, diminuição do edema de mucosa e, conseqüentemente, da congestão nasal. Esta ação pode melhorar a drenagem da secreção dos seios paranasais e desobstruir o óstio faríngeo da tuba auditiva. O maleato de bronfeniramina, assim como os outros anti-histamínicos utilizados para tratamento de processos alérgicos, age por mecanismo competitivo com a histamina nos receptores H1 das células efetoras. Sua indicação está bem estabelecida no tratamento sintomático ou profilático da rinite alérgica ou vasomotora, para o alívio dos espirros e da rinorréia associados ao resfriado comum. A ação anticolinérgica dos anti-histamínicos, principalmente os de primeira geração, promove um efeito secante da mucosa nasal, diminuindo o gotejamento pós-nasal. A combinação destes dois princípios ativos visa o alívio temporário da congestão nasal e dos seios paranasais, dos espirros e da rinorréia associados ao resfriado comum à rinite alérgica. Após a administração oral da pseudoefedrina, o início da atividade descongestionante se dá em 30 minutos, com duração de até 4 horas, os antiácidos aumentam sua absorção oral; aproximadamente 70% a 90% do fármaco são excretados de forma inalterada na urina e 1% a 6% é excretado como norpseudoefedrina, o metabolito ativo. Após administração oral da bronfeniramina o alívio sintomático das reações alérgicas se dá entre 15 e 30 minutos e dura por 4 a 8 horas; a bronfeniramina é amplamente metabolizada pelo fígado e excretada na urina como metabólito inativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.