Princípio ativo: etansilatoDicinone
Classe terapêutica dos Antihemorragicos
Princípio ativo Etansilato.

Indicações de Dicinone

Em cirurgia: prevenção e tratamento de sangramentos per e pós-cirúrgicos, principalmente en nappe e em pacientes sob efeito de anticoagulantes, em todas as operações delicadas e naquelas realizadas em tecidos ricamente vascularizados: otorrinolaringologia, ginecologia, obstetrícia, urologia, odontoestomatologia, oftalmologia, cirurgia plástica e reparadora. Em medicina interna: prevenção e tratamento de hemorragias por fragilidade capilar de qualquer origem ou localização: hematúria, hematêmese, melena, epistaxe, gengivorragia. A administração do etansilato antes da menstruação em pacientes com DIU mostrou-se eficaz para prevenir metrorragias. Está indicado também no tratamento de menorragias sem causa orgânica detectável.

Efeitos Colaterais de Dicinone

Podem ocorrer náuseas, cefaléia e rash cutâneo. Hipotensão transitória tem sido relatada após administração intravenosa.

Como Usar (Posologia)

Adultos: a dose terapêutica é, inicialmente, de 750 mg a 1000 mg injetáveis, seguida de uma dose de manutenção de 500 mg IV, IM ou oral a cada 4 a 6 horas. A dose profilática é de 750 mg a 1000 mg IV ou IM 1 a 5 minutos antes da cirurgia. Tratamento contínuo: 1500 mg fracionados em 3 tomadas, por via oral, durante 10 a 20 dias por mês. Observação: a solução injetável poderá ser usada: a) por via oral, diluída em meio copo de água; b) localmente, em tamponamentos.

Contra-Indicações de Dicinone

Não são conhecidas contra-indicações ao uso do etansilato; o produto não apresenta efeitos teratogênicos.

Precauções

Pode ser usado com cautela em pacientes com história de trombose. Conforme ocorre com a maioria dos fármacos, deve-se evitar administração do etansilato durante o primeiro trimestre da gestação, embora estudos em modelos animais não tenham evidenciado propriedades teratogênicas. Na ausência de dados sobre a passagem do etansilato para o leite materno, a amamentação é desaconselhada durante o tratamento. O produto contém sulfito em sua formulação, o que pode, eventualmente, por via injetável provocar ou agravar reações do tipo anafilático. Dicinone pode ser administrado em associação com outras drogas consideradas necessárias pelo médico (tais como anticoagulantes). Quando infusão com dextrano ou outros expansores plasmáticos for necessária, Dicinone deve ser administrado primeiro, nunca depois.

Apresentação

Caixa com 20 comprimidos. Caixa com 6 ampolas de 2 ml.

Composição

Etansilato. Comprimidos com 250 mg; ampolas com250 mg/2 ml.

Laboratório

Sanofi Synthelabo Ltda.

Remédios da mesma Classe Terapêutica

Adrenoxil, Bebulin (r), Doxium 500, Feiba, Ipsilon

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.