Princípios ativos: cloridrato de fenilefrina, maleato de clorfenamina, paracetamol

DESCON

paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de clorfenamina

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES

Descon (paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de clorfenamina) cápsulas – embalagens com 12, 40 e 100 cápsulas.

Descon (paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de clorfenamina) solução oral – frasco com 120 mL.

Descon (paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de clorfenamina) gotas – uso oral – frasco com 20 mL.

USO ADULTO E PEDIÁTRICO

VIA ORAL

COMPOSIÇÃO

Cápsulas – cada cápsula contém 400 mg de paracetamol, 4 mg de cloridrato de fenilefrina e 4mg de maleato de clorfenamina.

Excipiente: estearato de magnésio.

Solução oral – cada mL contém 40 mg de paracetamol, 0,6 mg de cloridrato de fenilefrina e 0,6 mg de maleato de clorfenamina.

Excipientes: sorbitol, álcool etílico, corante vermelho eritrosina, essência de cereja, sacarose, metilparabeno, propilparabeno, fosfato de sódio monobásico, fosfato de sódio dibásico, sacarina, metabissulfito de sódio, propilenoglicol, água.

Gotas – cada mL (30 gotas) contém 100 mg de paracetamol, 2 mg de cloridrato de fenilefrina e 2 mg de maleato de clorfenamina.

Excipientes: álcool etílico, corante vermelho eritrosina, essência de cereja, sacarina, metabissulfito de sódio, glicerol, polietilenoglicol 400, propilenoglicol, água.

Atenção: este medicamento contém Açúcar, portanto, deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes (solução oral).

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

Descon (paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de clorfenamina)éummedicamentoparaaterapiasintomática da gripe. Alivia a obstrução nasal, coriza, febre, cefaléia e dores musculares presentes nos estados gripais. O produto deve ser conservado ao abrigo da luz, calor e umidade. O prazo de validade encontra-se impresso na embalagem externa. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. O produto não deve ser utilizado durante o período de gravidez e lactação. Informaraomédicoseestiveramamentando. Siga

a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Informe ao seu médico e suspenda o tratamento caso apareçam reações desagradáveis, por exemplo, tontura, vertigem, taquicardia, palpitações, pressão alta, desconforto gástrico e reações alérgicas cutâneas.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORADO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

O produto não deve ser administrado concomitantemente com inibidores da monoamino-oxidase (MAO), com barbitúricos ou álcool.

Este medicamento é contra-indicado em pacientes que já apresentaram reações alérgicas aos componentes da fórmula. Não deve ser administrado a pacientes com hipertensão grave, doença cardíaca, diabetes, glaucoma, hipertrofia da próstata, doença renal crônica, insuficiência hepática grave, disfunção tireoidiana, gravidez e lactação sem controle médico. Pacientes que dirigem veículos ou operam máquinas industriais, devem ser advertidos da possibilidade de ocorrência de sonolência. Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento. Solução Oral – contém açúcar.

Este medicamento induz sonolência não devendo ser utilizado por condutores de veículos, operadores de máquinas ou aqueles de cuja atenção dependa a segurança de outras pessoas.

Não use outro produto que contenha Paracetamol.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR, NÃO

DESAPARECENDO OS SINTOMAS PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

As bases farmacológicas estão apoiadas nos efeitos terapêuticos das substâncias, cada uma delas destinadas ao controle específico nos processos que envolvem gripes e resfriados.

O paracetamol produz ação analgésica e antitérmica. O cloridrato de fenilefrina é uma amina simpatomimética de ação direta na estimulação de receptores alfa-adrenérgicos. Causa vasoconstrição direta, promovendo o

descongestionamentonasal ediminuindoacorizaearinite. O maleato de clorfenamina, um derivado propilamínico, é um anti-histamínico, que atua competitivamente com a histamina, bloqueando os receptores histaminérgicos H1 das células efetoras. Atua na musculatura lisa do aparelho respiratório diminuindo os broncoespasmos. Diminui a permeabilidade dos pequenos vasos sangüíneos e conseqüentemente os edemas, rubores e pruridos.

INDICAÇÕES

Analgésico e antitérmico e nos processos que envolvem as vias aéreas superiores, como descongestionante nasal.

CONTRA-INDICAÇÕES

PACIENTES COM HISTÓRIA DE HIPERSENSIBILIDADE AOS COMPONENTES DA FÓRMULA. NÃO DEVE SER ADMINISTRADO SEM CONTROLE MÉDICO A PACIENTES COM HIPERTENSÃO GRAVE, DOENÇA CARDÍACA, DIABETE, GLAUCOMA, HIPERTROFIA DE PRÓSTATA, DOENÇARENALCRÔNICA, INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA GRAVE, DISFUNÇÃO TIREOIDIANA, GRAVIDEZE LACTAÇÃO.

PRECAUÇÕES

ESTE MEDICAMENTO INDUZ SONOLÊNCIA NÃO DEVENDO SER UTILIZADO POR CONDUTORES DE VEÍCULOS, OPERADORES DE MÁQUINAS OU AQUELES DE CUJA ATENÇÃO DEPENDA A SEGURANÇA DE OUTRAS PESSOAS.

NÃO USE OUTRO PRODUTO QUE CONTENHA PARACETAMOL.

GRAVIDEZ: NÃOSE RECOMENDAOUSO DOPRODUTO DURANTE A GRAVIDEZ E LACTAÇÃO.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS E COM ALIMENTOS

O PRODUTO NÃO DEVE SER ADMINISTRADO CONCOMITANTEMENTE COM INIBIDORES DA MAO (MONOAMINO-OXIDASE),COMBARBITÚRICOSOUÁLCOOL.

ALTERAÇÕES EM EXAMES LABORATORIAIS

OSTESTESDE FUNÇÃO PANCREÁTICAUTILIZANDO A

BENTIROMIDA FICAM INVALIDADOS, AMENOS QUE O USO DO MEDICAMENTO SEJA DESCONTINUADO (3) TRÊS DIAS ANTES DA REALIZAÇÃO DO EXAME. PODE PRODUZIR FALSOS VALORES AUMENTADOS

QUANDO DA DETERMINAÇÃO DO ÁCIDO 5-HIDROXILINDOLACÉTICO, QUANDO FOR UTILIZADO O REAGENTE NITROSONAFTOL.

REAÇÕES ADVERSAS

RARAMENTE PODEM OCORRER REAÇÕES ADVERSAS CARACTERÍSTICAS DOS COMPONENTES DA FÓRMULA, TAIS COMO, SEDAÇÃO, SONOLÊNCIA, VERTIGEM, HIPOTENSÃO, SUDORESE, PALPITAÇÕES, ANSIEDADE, TREMOR, INSÔNIA, DESCONFORTO GÁSTRICO, IRRITAÇÕES CUTÂNEAS. O USO CONTÍNUO PODE PROVOCAR DISCRASIAS SANGÜÍNEAS E NECROSE PAPILAR RENAL.

POSOLOGIA

Cápsulas

Adultos: 1 a 2 cápsulas a cada 4 horas. Crianças acima de 12 anos: 1 cápsula a cada 4 horas. Não tomar mais de 10 cápsulas ao dia. Solução Oral

Adultos e crianças acima de 12 anos: 1 colher das de sobremesa (10 mL) a cada 4 horas. Crianças de6a12anos: 1 colher das de chá (5 mL) a cada 4 horas. Gotas

De4a6anos: 25 a 35 gotas3a4vezes ao dia. De2a4 anos: 17 a 25 gotas3a4 vezes ao dia. Crianças abaixo de 2 anos: sob orientação médica.

SUPERDOSAGEM

Promover esvaziamento gástrico através de indução de êmese ou lavagem gástrica. A N-acetilcisteína, administrada por via oral, é um antídoto específico para toxicidadeinduzidapeloparacetamol, devendoserinstituída nas primeiras 24 horas. Medidas de manutenção do estado geral devem ser observadas, como hidratação, balanço hídrico eletrolítico e correção de hipoglicemia.

PACIENTES IDOSOS

Recomenda-se o uso sob prescrição médica.

N° do lote, data de fabricação e prazo de validade: ver cartucho e rótulo. Farm. Resp.: J. G. Rocha CRF-SP n° 4067 MS – 1.0394.0491 – CNPJ 61.150.819/0001-20 Indústria Brasileira

FARMASA

LABORATÓRIO AMERICANO DE FARMACOTERAPIA S.A.

RUA NOVA YORK, 245 – 04560-908 -SÃO PAULO – SP – SAC 0800 11 4033 – mmm.farmasa.eom.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.