Princípio ativo: deltametrina

Deotrin

deltametrina

USO ADULTO E PEDIÁTRICO USO EXTERNO

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES

Loção: Frascos com 100 ml. Shampoo: Frascos com 100 ml.

COMPOSIÇÕES

Loção

Cada ml de loção contém:

Deltametrina……………… 20mg

Excipiente(*) qsp……………. 100 ml

(*) Renex 100, Surfax EVE, Nipagin, Álcool etílico, Propilenoglicol e Essência de Alfazema.

Shampoo

Cada ml de shampoo contém:

Deltametrina ……………… 20mg

Excipiente (*) qsp …………… 100 ml

(8) Renex 100, Surfax Eve, Surfax ACR, Amida 90, Glicerina, Ácido cítrico, Nipagin, Nipazol, Álcool etílico, Corante amarelo crepúsculo, Essência de alfazema, Hidroxietilcelulose, Água OR.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE Ação esperada do medicamento:

A Deltametrina é um derivado piretróide com atividade escabicida e pediculicida.

Cuidados de Armazenamento:

O produto deverá ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 a 30 °C) e protegido da luz.

Prazo de Validade:

Deotrin Loção e Shampoo têm validade de 24 meses, não devendo ser utilizado se o prazo de validade estiver vencido.

Gravidez e Lactação:

Não se conhecem riscos de uso do Deotrin durante a (ou na suspeita de) gravidez e durante o aleitamento materno. Contudo, informe seu médico se estiver grávida ou amamentando durante o tratamento.

Cuidados de administração:

É importante informar ao médico caso apresente qualquer tipo de doença, principalmente asma, alergias ou lesões da pele (feridas ou queimaduras).

Não usar Deotrin para tratamento das sobrancelhas ou cílios. Deotrin pode causar irritação ocular e da pele. No caso de contato com os olhos, lavá-los por cerca de 15 minutos em água corrente e procurar orientação médica. Evitar a contaminação de alimentos pelo produto. Não reutilizar o recipiente vazio. O período de tratamento estabelecido pelo médico deverá ser rigorosamente obedecido, não devendo ser excedido ou repetido sem recomendação médica. Como normas gerais de higiene, recomenda-se:

? Ferver a roupa de cama e de uso pessoal, mantendo-as limpas;

? Manter as unhas curtas e limpas. No caso de pediculose (piolhos) e fitiríase (chatos) manter os cabelos curtos e limpos;

? Procurar descobrir possíveis portadores e possíveis contatos com eles ou seus objetos de uso;

? Alertar os responsáveis por instituições coletivas freqüentadas pelo portador do parasita, principalmente escolas e creches.

Reações adversas:

Informar ao médico caso ocorra qualquer outro efeito colateral.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS

CRIANÇAS.

Contra-Indicações e Precauções:

Deve-se tomar cuidado ao aplicar Deotrin próximo às cavidades naturais (olhos, boca, nariz, orelhas, genitais e ânus) para que não haja risco de absorção inadvertida pelas mucosas ou irritação local. Para se evitar o risco de inalação da substância, aplicar Deotrin em ambiente ventilado e manter em contato o período previsto.

Devido à fácil transmissão da parasitose aos contactantes (familiares, parceiros sexuais), aconselha-se a pesquisa e tratamento dos outros afetados pelo mesmo agente.

Interrupção do tratamento:

Não há cuidados a serem tomados para a interrupção do tratamento com Deotrin. Entretanto, não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

"NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE"

INFORMAÇÕES TÉCNICAS Características químicas e farmacológicas:

A Deltametrina é a substância mais ativa da classe dos piretróides, substância sintética obtida por esterificação do ácido crisantêmico, extraído da flor do crisântemo (Chrysanthemun cineranaefolium).

A Deltametrina apresenta elevado coeficiente de segurança e baixa toxicidade para mamíferos. Possui considerável efeito residual e alto poder letal contra piolhos e ácaros.

A Deltametrina apresenta notáveis propriedades pediculicidas e escabicidas sendo o Pedculus humanus captts, Pedculus humanus humanus, Phthiruse puubbs e seus ovos extraordinariamente sensíveis a sua ação. A sua ação é seletiva e se dá após a absorção da substância através do exoesqueleto de quitina dos ectoparasitas. Uma vez no interior do organismo do inseto a

Deltametrina transporta pela hemolinfa, fixa-se nos gânglios nervosos periféricos e nas estruturas motoras do sistema nervoso central, produzindo excitabilidade, falta de coordenação motora, paralisia, letargia e morte do parasita.

INDICAÇÕES

Deotrin está indicado no tratamento e profilaxia da pediculose (piolhos), da fitiríase (chatos) da escabiose(sarna) e das infestações por carrapatos em geral.

CONTRA-INDICAÇÕES

Hipersensibilidade a Deltametrina. Alergia respiratória.

Lesões de pele: feridas e queimaduras ou condições que possibilitem maior absorção.

PRECAUÇÕES

Deotrin está indicado somente para uso tópico. Não deve ser ingerido ou inalado. Deve ser mantido fora do alcance dos olhos e mucosa. No caso de contato acidental com os olhos, lavá-los imediatamente com água corrente por cerca de 15 minutos.

No caso de infecção ou irritação da pele, interromper o tratamento. Gravidez e lactação

Desconhecem-se efeitos adversos pelo uso de Deotrin na gravidez ou lactação. Contudo deve-se considerar o risco/benefício antes da indicação.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

Não há relatos de interações.

REAÇÕES ADVERSAS

Podem ocorrerirritação cutânea, ocular, e reações de hipersensibilidade, sobretudo do tipo alergia respiratória.

No caso do uso em pele lesada por feridas ou queimaduras, pode ocorrer maior absorção da Deltametrina com efeitos gastrintestinais e neurológicos agudos.

MODO DE USAR – EXTERNO

Antes do tratamento, fazer a limpeza e fervura das roupas e objetos de uso pessoal (principalmente pentes e escovas para o cabelo) do paciente e contactantes, para evitar a reinfestação após a aplicação.

Deotrin Loção

Friccionar toda a região afetada ou todo o corpo caso necessário, deixando permanecer até o próximo banho. Usar por quatro dias consecutivos.

Deotrin Shampoo

Deve ser aplicado nas áreas atingidas, de preferência durante o banho, fazendo-se ligeiras fricções com as pontas dos dedos.

Deixar as áreas atingidas e ensaboadas durante 5 minutos. Enxaguar bem. Usar durante quatro dias consecutivos.

Sob todas as formas do produto deve ser usado novamente sete dias após o primeiro uso, repetindo o esquema de tratamento, devido a possível reinfestação por permanência de ovos.

CONDUTA NA SUPERDOSAGEM

No caso de ingestão acidental, o tratamento é principalmente de suporte. Deve-se induzir vômito nos indivíduos conscientes ou realizar lavagem gástrica nos

inconscientes. Pode-se administrar sais catárticos para aumentar o trânsito intestinal e diminuir a absorção intestinal da piretrina. No caso de inalação acidental, pode-se necessitar de respiração artificial.

Pacientes idosos:

Não existem advertências ou recomendações especiais sobre o uso do produto por pacientes idosos. Devendo levar em consideração o estado geral do paciente.

N° do lote, data de fabricação e prazo de validade: vide cartucho. Reg. M.S. n° 1.0577.0133.001-4 – Shampoo Reg. M.S. n° 1.0577.0133.002-2 – Loção

Farm. Responsável : Dra. Elaine C. M. Pessôa – CRF-SP n° 14.059

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

BUNKER

BUNKER INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA

Rua: Aníbal dos Anjos Carvalho, 212 Cidade Dutra

São Paulo – SP – Fone: (11) 5666-0266

C.N.P.J. 47.100.862/0001-50

Serviço de Atendimento ao Cliente: SAC 0800.142110

INDÚSTRIA BRASILEIRA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.