Princípio ativo: cromoglicato dissódicoCromoglicato Dissódico 4%

Cromoglicato Dissódico 4%

Solução Oftálmica Estéril

USO ADULTO

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: – Cromoglicato Dissódico

Solução oftálmica estéril apresentada em frasco plástico conta- gotas contendo 5 ml.

COMPOSIÇÃO – Cromoglicato Dissódico


Cada ml contém:

Cromoglicato dissódico ………………..40,0 mg

Veículo constituído de edetato dissódico, cloreto de benzalcônio como conservante e água purificada q.s.p. 1,0 ml.

INFORMAÇÃO AO PACIENTE – Cromoglicato Dissódico

O cromoglicato dissódico inibe as manifestações clínicas da alergia.
O produto deve ser conservado em temperatura ambiente e ao abrigo da luz.
O prazo de validade está gravado na embalagem do produto. Não use medicamento com prazo de validade vencido.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe o médico se está amamentando.
Para evitar a contaminação não toque o conta- gotas.
Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Informe o médico se ocorrerem reações desagradáveis.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

NÃO USE REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

CARACTERÍSTICAS: – Cromoglicato Dissódico


As manifestações clínicas da alergia têm sua origem em uma reação anafilática e consecutiva liberação de mediadores espasmógenos. É justamente inibindo esta liberação de mediadores que atua o cromoglicato dissódico. A atividade desta substância é exercida essencialmente em processos devidos a uma reação de hipersensibilidade imediata, agindo também em outras reações anafiláticas e em processos originados pela degranulação de mastócitos. O cromoglicato dissódico não modifica os efeitos dos mediadores, não estimula os receptores b- adrenérgicos, nem bloqueia o processo de sensibilização. Supõe-se que atua impedindo uma das etapas da degranulação de mastócitos, posterior à fixação antígeno-anticorpo, evitando desta forma a reação alérgica.

INDICAÇÕES: – Cromoglicato Dissódico

Por sua ação antialérgica, o cromoglicato dissódico é indicado no tratamento das afecções alérgicas conjuntivais.

CONTRA-INDICAÇÕES: – Cromoglicato Dissódico


Hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

PRECAUÇÕES: – Cromoglicato Dissódico

Gerais: A instilação do produto pode provocar uma sensação de ardência transitória em alguns pacientes. Por conter cloreto de benzalcônio em sua fórmula, recomenda- se aos pacientes não usar lentes de contato gelatinosas quando estiverem em tratamento com cromoglicato dissódico solução oftálmica.

Carcinogênese, mutagênese e prejuízos sobre a fertilidade: Estudos de longo prazo realizados em diversas espécies animais não demonstraram efeito neoplásico do cromoglicato dissódico. Não houve evidência de danos cromossômicos ou de citotoxicidade nos vários estudos de mutagênese ou prejuízos sobre a fertilidade nos estudos de reprodução realizados em animais de laboratório.

Uso na gravidez: Não há estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas. Cromoglicato dissódico solução oftálmica deve ser prescrito a mulheres grávidas somente se o seu uso for considerado indispensável.

Mães lactantes: Não se sabe se o cromoglicato dissódico é excretado no leite humano. Deve- se ter cautela quando o produto for administrado à mãe lactante.

Uso em crianças: Não foram estabelecidas a segurança e a eficácia do cromoglicato dissódico solução oftálmica em crianças abaixo de 4 anos de idade.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: – Cromoglicato Dissódico


Não foram descritas interações medicamentosas com o uso tópico oftálmico do cromoglicato dissódico.

REAÇÕES ADVERSAS: – Cromoglicato Dissódico

Uma ardência transitória poderá ocorrer após a instilação do cromoglicato dissódico solução oftálmica. Ainda que raras, e possivelmente não atribuíveis ao cromoglicato dissódico, foram relatadas as seguintes reações adversas: injeção conjuntival, olhos lacrimejantes, coceira nos olhos, ressecamento ao redor dos olhos, olhos inchados, irritação ocular e terçol.

POSOLOGIA: – Cromoglicato Dissódico


1 ou 2 gotas em cada olho, 4 a 6 vezes por dia, em intervalos regulares ou a critério médico.

SUPERDOSAGEM: – Cromoglicato Dissódico

Na ocorrência de uma superdosagem de cromoglicato dissódico solução oftálmica lavar os olhos com água morna.

PACIENTES IDOSOS: – Cromoglicato Dissódico


Não existem estudos específicos em pacientes idosos.

NÃO USE REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

LABORATÓRIO

ALCON

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.