Princípios ativos: cloridrato de nafazolina, sulfato de zinco

Colírio Teuto®

cloridrato de nafazolina
sulfato de zinco

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO

Solução oftálmica 0,15mg/mL + 0,3mg/mL

Embalagem contendo 01 frasco gotejador com 20mL.

USO ADULTO USO OFTÁLMICO

COMPOSIÇÃO

Cada mL da solução oftálmica contém:

cloridrato de nafazolina……………..0,15mg

sulfato de zinco…………………0,3mg

veículo q.s.p……………………1mL

Excipientes: ácido bórico, borato de sódio, cloreto de sódio e água para injeção.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

Ação do medicamento: Descongestiona os olhos vermelhos, aliviando as irritações.

Indicações do medicamento: Solução oftálmica adstringente para o tratamento das irritações oculares (poeira, vento, calor, fumaça, gases irritantes, luz e corpos estranhos).

Riscos do medicamento:

Contra-indicações: Contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Não use em casos de glaucoma de ângulo estreito ou doenças oculares graves. Não use se estiver se medicando com um inibidor da monoaminoxidase (MAO).

ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES: ESTE COLÍRIO DEVE SER USADO COM PRECAUÇÃO EM PACIENTES COM PROBLEMAS CARDIOVASCULARES, NO DIABETE, NA HIPERTENSÃO, NO HIPERTIREOIDISMO DEVIDO À NAFAZOLINA. REMOVER AS LENTES DE CONTATO ANTES DE INSTILAR O COLÍRIO.

PRODUTO DE USO EXCLUSIVO EM ADULTOS. O USO EM CRIANÇAS REPRESENTA RISCO À SAÚDE.

NÃO USAR EM CRIANÇAS MENORES DE 12 ANOS.

Interações medicamentosas: O uso concomitante deste colírio é desaconselhável em casos em que o paciente esteja fazendo uso de um medicamento com ação inibidora da MAO.

Uso durante a Gravidez e Amamentação: Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.

Não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação, exceto sob orientação médica.

Informe a seu médico ou cirurgião-dentista se ocorrer gravidez ou iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.

Este medicamento é contra-indicado na faixa etária de 0 a 12 anos.

Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indesejáveis.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Modo de uso: Instilar o colírio no canto do olho, evitando tocar a ponta do frasco nos tecidos oculares. Remover as lentes de contato antes de instilar o colírio.

1. Recline a cabeça para trás com os olhos fechados, aproxime o gotejador no canto do olho.

2. Aperte levemente o frasco plástico, para gotejar o produto. Abra e feche os olhos duas ou três vezes.

Aspecto físico: Solução límpida incolor.

Características Organolépticas: Solução límpida incolor e inodora.

Posologia: Instilar 1 ou 2 gotas sobre o olho afetado, quando necessário, até 4 vezes ao dia.
Se a irritação persistir ou se sentir dores oculares ou alteração na visão, consulte o médico.
SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA OU DE SEU CIRURGIÃO- DENTISTA.

Prazo de validade: 36 meses a partir da data de fabricação (VIDE CARTUCHO).

Não use o medicamento com prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

REAÇÕES ADVERSAS: INFORME SEU MÉDICO O APARECIMENTO DE REAÇÕES DESAGRADÁVEIS, TAIS COMO: DILATAÇÃO PUPILAR, AUMENTO DA PRESSÃO INTRA-OCULAR, DOR DE CABEÇA, PRESSÃO ALTA, NÁUSEA, SUDORESE, FRAQUEZA, AUMENTO DA IRRITAÇÃO OCULAR, HIPERTIREOIDISMO. SE A IRRITAÇÃO PERSISTIR OU APARECER DOR, CONSULTE UM OFTALMOLOGISTA.

Conduta em caso de superdose: Cuidados especiais devem ser empregados quando um excesso do produto for instilado no olho, tais como: lavá-lo com água ou soro fisiológico. Se acidentalmente for ingerido, aconselha-se beber bastante líquido para provocar diluição.

Cuidados de conservação e uso: O produto deve ser mantido em sua embalagem original, conservado em temperatura ambiente (15 a 30°C). Proteger da luz e umidade.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Características farmacológicas:

Propriedades Farmacodinâmicas: O cloridrato de nafazolina, um agonista imidazólico alfa-adrenérgico, é largamente empregado em oftalmologia devido a sua ação vasoconstritora. O sulfato de zinco é um adstringente ocular. O produto descongestiona os olhos vermelhos, aliviando as irritações.

Propriedades Farmacocinéticas: Foi relatada absorção sistêmica após aplicação tópica de soluções de nafazolina. A nafazolina não é usada sistemicamente, porém é rapidamente absorvida pelo trato gastrintestinal.

O grau de absorção de zinco tópico é influenciado pela base na qual o componente zinco está contido e pelas condições da pele (intacta ou lesada).

Indicações: Solução oftálmica adstringente para o tratamento das irritações oculares (poeira, vento, calor, fumaça, gases irritantes, luz e corpos estranhos).

CONTRA-INDICAÇÕES: CONTRA-INDICADO PARA PACIENTES COM HIPERSENSIBILIDADE AOS COMPONENTES DA FÓRMULA. NÃO USE EM CASOS DE GLAUCOMA DE ÂNGULO ESTREITO OU DOENÇAS OCULARES GRAVES. NÃO USE SE ESTIVER SE MEDICANDO COM UM INIBIDOR DA MAO.

Modo de usar e cuidados de conservação depois de aberto: Instilar o colírio no canto do olho, evitando tocar a ponta do frasco nos tecidos oculares. Remover as lentes de contato antes de instilar o colírio.

1. Recline a cabeça para trás com os olhos fechados, aproxime o gotejador no canto do olho.

2. Aperte levemente o frasco plástico, para gotejar o produto. Abra e feche os olhos duas ou três vezes.

O produto deve ser mantido em sua embalagem original, conservado em temperatura ambiente (15 a 30°C). Proteger da luz e umidade.

Posologia: Instilar 1 ou 2 gotas sobre o olho afetado, quando necessário, até 4 vezes ao dia. Se a irritação persistir ou se sentir dores oculares ou alteração na visão, consulte o médico.

ADVERTÊNCIAS: ESTE COLÍRIO DEVE SER USADO COM PRECAUÇÃO EM PACIENTES COM PROBLEMAS CARDIOVASCULARES, NO DIABETE, NA HIPERTENSÃO, NO HIPERTIREOIDISMO DEVIDO À NAFAZOLINA. REMOVER AS LENTES DE CONTATO ANTES DE INSTILAR O COLÍRIO.

Produto de uso exclusivo em adultos.

O uso em crianças representa risco à saúde.

Não usar em crianças menores de 12 anos.

Uso durante a Gravidez e Amamentação: Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco:
Idosos: Deve-se ter cautela na administração em pacientes idosos com graves problemas cardiovasculares como arritmia e hipertensão, pois pode ocorrer exacerbação destas condições.

Crianças: Este medicamento é contra-indicado na faixa etária de 0 a 12 anos. O uso em crianças representa risco à saúde.

Interações medicamentosas: O uso concomitante deste colírio é desaconselhável em casos em que o paciente esteja fazendo uso de um medicamento com ação inibidora da MAO.

REAÇÕES ADVERSAS A MEDICAMENTOS: INFORME SEU MÉDICO O APARECIMENTO DE REAÇÕES DESAGRADÁVEIS, TAIS COMO: DILATAÇÃO PUPILAR, AUMENTO DA PRESSÃO INTRA-OCULAR, DOR DE CABEÇA, HIPERTENSÃO, NÁUSEA, SUDORESE, FRAQUEZA, AUMENTO DA IRRITAÇÃO OCULAR, HIPERTIREOIDISMO. SE A IRRITAÇÃO PERSISTIR OU APARECER DOR, CONSULTE UM OFTALMOLOGISTA.

Superdose: Cuidados especiais devem ser empregados quando um excesso do produto for instilado no olho, tais como: lavá-lo com água ou soro fisiológico.

Se acidentalmente for ingerido, aconselha-se beber bastante líquido para provocar diluição.

Armazenagem: O produto deve ser mantido em sua embalagem original, conservado em temperatura ambiente (15 a 30°C). Proteger da luz e umidade.

N° do lote e data de fabricação: VIDE CARTUCHO

Farm. Resp.: Andreia Cavalcante Silva s

CRF-GO n° 2.659 |

M. S. N° 1.0370.0113 I

LABORATÓRIO

TEUTO BRASILEIRO S/A.

CNPJ – 17.159.229/0001-76 VP 7-D Módulo 11 Qd. 13 – DAIA CEP 75132-140 – Anápolis – GO Indústria Brasileira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.