Princípio ativo: cloranfenicol

Antibióticos – Receituário simples em duas vias

Cloranfenicol Colírio e Solução Otológica

Composição – CLORANFENICOL Colírio e Solução Otológica

colírio: cada ml contém: (D) Treo- cloranfenicolmicronizado 5 mg. Veículo q.s.p. 1 ml. Solução otológica: cada ml contém: (D) treo-cloranfenicol micronizado 10 mg. Veículo q.s.p. 1 ml.

Posologia e Administração – CLORANFENICOL Colírio e Solução Otológica

colírio: instilar diretamente no saco conjuntival do olho afetado, 2 a 3 gotas, 2 a 3 vezes ao dia, ou de acordo com o critério médico. Solução otológica: 3 instilações diárias no canal auricular afetado.

Indicações – CLORANFENICOL Colírio e Solução Otológica

colírio: no tratamento das infecções oculares superficiais que afetam a conjuntiva e/ou a córnea, causadas por germes sensíveis ao cloranfenicol. Como medicação profilática após a remoção de corpos estranhos e demais afecções traumáticas do olho. Solução otológica: no tratamento de processos inflamatórios causados por germes sensíveis ao cloranfenicol, no tratamento das otites agudas e crônicas.

Apresentação – CLORANFENICOL Colírio e Solução Otológica

colírio e solução otológica: frasco- plástico contendo 10 ml.

LABORATÓRIO

LUPER

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.