Princípio ativo: clomipramina

C1 – Receituário de controle especial em duas vias

Clomipramina

Laboratório

Genérico

Apresentação de Clomipramina

compr. rev. – 25mg

Clomipramina – Indicações

Depressão mental. Síndrome do pânico. Dor neurogênica. Profilaxia da enxaqueca.

Contra-indicações de Clomipramina

Hipersensibilidade ao fármaco. Infarto do miocárdio recente, arritmias cardíacas, particularmente bloqueio AV. Esquizofrenia. Gravidez. Menor de 12 anos. Pacientes em tratamento c/ inibidores da MAO.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Clomipramina

Boca seca, constipação, náusea. Cefaléia, sedação, tremores, sudorese, visão turva, distúrbios do comportamento, hipomania ou mania, confusão mental, diminuição da libido. Rash, urticária e reações de fotossensibilidade. Arritmias cardíacas, hipotensão postural, síncope, taquicardia. Alterações na glicemia, aumento do apetite e ganho de peso. Aumento testicular, ginecomastia, galactorréia, hiponatremia secundária à secreção inadequada de hormônio antidiurético. Alterações de enzimas hepáticas e icterícia. Febre, agranulocitose, leucopenia, eosinofilia, púrpura trombocitopênica.

Clomipramina – Posologia

25mg VO, 3 vezes ao dia. Ajustar de acordo c/ a resposta clínica.

Clomipramina – Informações

Interações: Potencializa os efeitos adversos depressivos do SNC, quando administrado c/ álcool, anti-hipertensivos, anti-histamínicos e anestésicos. Aumenta os riscos de arritmia cardíaca quando administrado c/ antiarrítmicos cardíacos, anti-histamínicos, antimaláricos, antipsicóticos, betabloqueadores, cisaprida e simpaticomiméticos. Aumento da atividade dos anticoagulantes orais. Precauções: Evitar exposição ao sol. Pacientes c/ mania, depressão e tendência suicida. Idosos c/ antecedentes de convulsões, insuficiência renal e disfunção hepática. Glaucoma. Asma. Alcoolismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.