Princípio ativo: tiamina (vitamina b1)Benerva
Classe terapêutica dos Vitaminas
Princípio ativo Tiamina (vitamina B1).

Indicações de Benerva

Carência em vitamina B1 provocada pelo menor aporte ou alterações na absorção (p.ex., no caso de alcoolismo) e que estão relacionadas a uma redução da eliminação urinária da tiamina, elevação da taxa sangüínea de piruvato e 2-oxoglutarato, bem como uma queda da concentração de pirofosfato de tiamina nos eritrócitos. Sintomas clínicos: polineurites, bradicardia, alterações do psiquismo.

Necessidades aumentadas de vitamina B1 durante a gravidez e amamentação.

Terapêutica do beribéri (avitaminose B1) que se apresenta sob as formas seca ou úmida e se traduz por fraqueza muscular, parestesias e paralisias.

Cardiomiopatia alcoólica
Doença de Wernicke
Como adjuvante no tratamento das neurites e polineurites.

Efeitos Colaterais de Benerva

Não existem informações disponíveis sobre efeitos adversos provocados pela vitamina B1 administrada por via oral. No entanto, dependendo da sensibilidade individual, podem ocorrer reações imprevisíveis. Neste caso, suspenda o uso de Benerva® e informe imediata mente seu médico.

Apresentação

Comprimidos: caixa com 30 comprimidos
Uso adulto e pediátrico.

Composição

Cada comprimido contém 300 mg de Vitamina B1 (tiamina ou aneurina).

Contraindicações

Benerva® está contraindicado a pacientes sensíveis à vitamina B1 (tiamina).

Modo de Uso

Em geral, um comprimido, uma a 2 vezes ao dia, ou a critério médico.

Superdosagem

Não foram descritos, até o momento, sintomas de superdosagem com o uso de Benerva®. No entanto, caso este fato venha a ocorrer, deverão ser adotadas as medidas padronizadas para o tratamento de intoxicações.

Laboratório

BIOSINTÉTICA FARMACÊUTICA LTDA.

Remédios da mesma Classe Terapêutica

Accuvit, Adeforte, Alginac, Amplavit, Anemofer

Remédios que contém o mesmo Princípio Ativo

Complevitam, Complexo B, Dexador, Dexagil, Dramavit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.