Princípio ativo: sulfato de bárioBARIOGEL® 100%

SULFATO DE BÁRIO
Contraste Radiológico
FORMA FARMACÊUTICA:
Suspensão Oral

APRESENTAÇÃO:
Copos com 150 ml e com 200 ml.

USO PEDIÁTRICO OU ADULTO

COMPOSIÇÃO:
Sulfato de Bário ……….. 1 g
Veículo q.s.p. ………….. 1 ml
(Veículo: benzoato de sódio, sacarina sódica, citrato de sódio, álcool etílico, metilparabeno, propilparabeno, aroma maçã, carboximetilcelulose, sorbato de potássio, água purificada).

INFORMAÇÃO AO PACIENTE:
O prazo de validade do produto é de 24 meses, a partir da data de fabricação impressa na embalagem. Não utilize medicamento vencido pois pode ser prejudicial à saúde.

Conservar o produto em temperatura ambiente, entre 15° e 30°C, e o copo fechado.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS:
O BARIOGEL® (Sulfato de Bário a 100%) apresenta características que o aproximam do contraste radiológico ideal:
– Alta densidade radiológica
– Baixa viscosidade
– Alta fluidez
– Grande estabilidade
– Boa aderência à mucosa
– Excelente paladar

A fluidez, a textura e o excelente paladar de BARIOGEL® diferem das diferentes suspensões de Sulfato de Bário, induzindo a uma extrema cooperação dos pacientes, mesmo os de tenra idade.

A fluidez do BARIOGEL® promove um trânsito gastrointestinal mais rápido e graças a sua excelente densidade radiológica há acentuada economia de tempo ao fluoroscópio e número de filmes.

O BARIOGEL® Suspensão a 100% já vem diluído, numa concentração ideal para a maioria dos exames.

INDICAÇÕES:
O BARIOGEL® Suspensão a 100% está indicado como meio de contraste radiológico do tubo gastroduodenal.

CONTRA-INDICAÇÕES:
É contra-indicado em paciente que apresentem hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Deve ser administrado criteriosamente em crianças, pacientes debilitados e com desordens no cólon, perfuração digestiva, obstrução digestiva.

PRECAUÇÕES:
Há um aumento do risco de perfuração do cólon em crianças, adultos debilitados e pacientes com desordens crônicas.

TOXICIDADE:
Em raras ocasiões o Sulfato de Bário pode ocasionar obstrução intestinal ou dilatação do cólon. A aspiração de suspensões de Sulfato de Bário podem levar à formação de granulomas e embolismo bem como à formação de granulomas moduladores dos tecidos intestinais, pulmonares e nódulos linfáticos.

MODO DE USAR:
Administrar por via oral, antes do exame radiológico, um copo ou segundo a orientação do radiologista. Caso seja necessário, diluir com água destilada e homogeneizar.

AGITAR BEM O COPO ANTES DE INGERIR O PRODUTO.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

Nº de Lote, Data de Fabricação e Validade: Vide Rótulo

Registro MS nº 1.0298.0002
Farm. Resp.: Dr. Joaquim A. dos Reis – CRF-SP nº 5061

SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente): 0800 701 19 18

CRISTÁLIA – Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda.
Rod. Itapira-Lindóia, km 14 – Itapira-SP
CNPJ N.º 44.734.671/0001-51
Indústria Brasileira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.